Francisco Rodrigues dos Santos trilhou um admirável percurso na liderança da Juventude Popular

Uma nova Direita

O CDS-PP tem um novo líder

TEXTO DE ALONSO MIGUEL*

O XXVIII Congresso Nacional escolheu Francisco Rodrigues dos Santos, Advogado, de 31 anos, para presidir ao partido nos próximos dois anos.
O CDS atravessa um momento difícil e conturbado, na sequência de um dos piores resultados eleitorais de sempre. Está, pois, na hora de arregaçar as mangas e de recuperar o tempo e o espaço perdidos.

Com uma nova direção, uma nova geração de intervenientes políticos, conjuntamente com as figuras históricas do partido, o CDS terá seguramente capacidade de ultrapassar as dificuldades do presente, reorganizar-se e partir rumo a um futuro promissor, fiel aos seus princípios e valores, reconquistando o espaço à Direita.
Para esta desafiante missão, o CDS contará com o brilhantismo do seu novo Presidente.

O Francisco Rodrigues do Santos é um jovem tremendamente inteligente, competente e determinado.

Tem pensamento estratégico, rasgo, ideias e soluções. Tem carisma e uma energia contagiante, que cativa e potencia todos à sua volta. É um verdadeiro líder.

Não foi por mero acaso que o Francisco Rodrigues dos Santos trilhou um admirável percurso na liderança da Juventude Popular, duplicando num curto espaço de tempo o seu número de militantes e atingindo os 20 mil filiados. Também não foi por acaso que a prestigiada revista Forbes o reconheceu, em 2018, como um dos 30 jovens mais brilhantes, inovadores e influentes da Europa, na categoria de Direito e Política.

O novo líder do CDS teve capacidade de fazer com que os militantes voltassem a acreditar e saberá garantidamente reconquistar também a confiança dos Portugueses. É uma lufada de ar fresco, que traz uma esperança renovada e que representa uma nova Direita democrática em Portugal.

O próximo embate eleitoral do CDS serão as Eleições Legislativas Regionais dos Açores, já em outubro próximo. Será, naturalmente, uma prova de fogo, pelo que será fundamental unir o partido em torno deste desiderato.

Nos Açores, o CDS tem demonstrado que sabe ser uma oposição firme e crítica, mas também construtiva e com propositura. Que sabe gerar consensos e dialogar quando é necessário. Que sabe colocar sempre acima de tudo o interesse dos Açorianos.

Estão, por isso, criadas todas as condições para, com compromisso, dedicação e espírito de missão, encarar com convicção o próximo ato eleitoral nos Açores, obter um excelente resultado e marcar o início de uma nova etapa de crescimento e fulgor do CDS-PP, tal como aconteceu em 2008.

*Deputado Regional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s