A conclusão dos oitavos-de-final faltando realizar-se a 2.ª mão das partidas Juventus-Lyon, Manchester City-Real Madrid, Bayern Munique-Chelsea e Barcelona-Nápoles – Atalanta, Leipzig, Atlético de Madrid e PSG já têm lugar garantido nos ‘quartos’

Champions joga-se em Lisboa

Liga dos Campeões

A confirmação: a capital portuguesa recebe a conclusão da Liga dos Campeões no próximo mês de agosto.

Porto e Guimarães podem receber os jogos dos ‘oitavos’.

A UEFA confirmou aquilo que já era esperado: a edição desta época da Liga dos Campeões vai ser completa em Lisboa, entre o Estádio da Luz e o Estádio José Alvalade, com a final a decorrer no dia 23 de agosto, no Estádio do Sport Lisboa e Benfica.

A capital portuguesa vai receber uma ‘final eight’ que consiste na realização dos jogos a uma só mão a partir dos quartos de final da prova entre os dois estádios lisboetas entre o dia 12 e 23 de agosto.

Também os jogos em falta da 2.ª mão dos oitavos de final serão realizados em Portugal: Juventus-Lyon, Manchester City-Real Madrid, Bayern Munique-Chelsea e Barcelona-Nápoles disputam-se em território lusitano.

Os restante jogos dois oitavos podem ser jogados em Portugal, no Norte do país nos dias 7 e 8 de agosto, sendo que ainda não é certo que não possam ser realizados nos estádios inicialmente planeados. Nesse caso, o Estádio do Dragão e o D. Afonso Henriques juntam-se ao Estádio de Alvalade e da Luz na receção à Liga dos Campeões.

As meias-finais jogam-se a 18 e 19 de agosto e a final a 23 de agosto.

De Istambul e Lisboa: a história de uma final adiada e alterada pela COVID-19

O jogo da final da prova estava marcado para 30 de maio no Estádio Olímpico Atatürk na Turquia.

Portugal ficava sem o único representante na Champions em novembro e em março as noites europeias ficavam fora do país depois da eliminação das quatro equipas portuguesas na Liga Europa nos dezasseis-avos de final da competição.

Quinta-feira ‘negra’: Como Portugal passou de país mais representado a ‘desaparecido em combate’ na Liga Europa

As competições continuavam, já com a COVID-19 presente em alguns países europeus – o que mais tarde levou a que alguns jogos fossem apelidados de ‘bombas biológicas’. O Valência-Atalanta e o PSG-Dortmund, da segunda mão dos oitavos, realizavam-se à porta fechada, enquanto que o Liverpool-Atlético contou com o Estádio de Anfield lotado.

Dias mais tarde, a 13 de março a UEFA suspendia todas as competições europeias e, à semelhança do que acontecia com as restantes ligas europeias, ficava com o seu futuro em suspenso. A conclusão dos oitavos-de-final, fcava parada no tempo, faltando realizar-se a 2.ª mão das partidas Juventus-Lyon, Manchester City-Real Madrid, Bayern Munique-Chelsea e Barcelona-Nápoles – Atalanta, Leipzig, Atlético de Madrid e PSG já têm lugar garantido nos ‘quartos’.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s