Diocese de Angra tem três novos diáconos em preparação para o sacerdócio

D. João Lavrador assinala Imaculada Conceição e deixa desafio de «serviço e testemunho» às comunidades católicas

O bispo de Angra presidiu hoje à Missa no Santuário de Nossa Senhora da Conceição, com a ordenação de três diáconos, finalistas do 6.º ano do seminário diocesano.

Na homilia da celebração, enviada à Agência ECCLESIA, D. João Lavrador convidou as comunidades católicas a “um serviço e testemunho que impregne o mundo de hoje de amor e de fraternidade, da verdadeira amizade social, segundo o pensamento social do Papa Francisco”.

“Nunca é demais, na situação dramática que vive a nossa sociedade e os desafios que nos são lançados pela cultura atual, sentir o apelo a não ter medo porque tudo é obra do Espírito Santo”, acrescentou.

Os novos diáconos são António Manuel Machado Santos, natural e residente na Paróquia de Sant`Ana, Furnas, Ilha de São Miguel; João Miguel Medeiros Silva, natural e residente na Paróquia de Mosteiros, Ilha de São Miguel; Jorge Gabriel Pinheiro Sousa, natural e residente na Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, Ponta Garça, Ilha de São Miguel.

“Caros jovens candidatos ao ministério do diaconado que se exprime no ser da Igreja que nas vossas pessoas se reconhece que é chamada a servir a pessoa e a sociedade e a olhar o mundo com o mesmo olhar de Deus, com ternura, misericórdia e no amor oferecer projetos libertadores à criação que continua a ser vítima das opressões que a ganância humana projeta sobre ela”, disse D. João Lavrador.

Imploro de Nossa Senhora, Imaculada Conceição, Mãe e Rainha dos Açores, que abençoe os novos diáconos e os estimule para, na santidade de vida, se entreguem na alegria á missão de Jesus Cristo, que veio para servir e não para ser servido, e a intercessão do Beato João Baptista Machado, nosso padroeiro, modelo de evangelizador”.

O bispo de Angra referiu que a humanidade deve ser “casa comum de todos os homens e mulheres”, seguindo a última encíclica do Papa, ‘Fratelli Tutti’.

“Urge colocarmo-nos sob a luz e a ação do Espírito Santo para dissiparmos os medos, as dúvidas e, pelo seu poder, deixarmo-nos libertar e conduzir para a missão que Jesus de Nazaré nos entrega para a salvação do mundo”, prosseguiu.

A celebração foi reservada à família e convidados devidos às restrições impostas pela pandemia, com a presença da equipa formadora do Seminário, com transmissão online.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s