Para o Vice-Presidente do Governo dos Açores, Artur Lima, o trabalho desenvolvido por estas equipas surtiu os efeitos desejados

Equipas multidisciplinares realizaram 1.797 visitas domiciliárias em Rabo de Peixe

Em virtude da realidade epidemiológica existente na Vila de Rabo de Peixe, devido à covid-19, e correspondentes necessidades da população, a atividade desenvolvida, nas últimas semanas, pelas equipas multidisciplinares, será suspensa a partir de sábado, 27 de março, por decisão do Delegado de Saúde da Ribeira Grande.

No desempenho das suas funções, estas equipas estabeleceram uma relação de grande proximidade com a comunidade da Vila de Rabo de Peixe, desempenhando uma importante função de sensibilização junto da população para o cumprimento das medidas de prevenção e combate à pandemia.

As equipas fizeram ainda a verificação das condições habitacionais das famílias e do cumprimento do isolamento profilático/confinamento, e procederam ao levantamento de necessidades básicas, quer ao nível de alimentação, medicação, dos equipamentos de proteção individual, e ao nível do acionamento do acompanhamento psicológico para agregados familiares.

Entre 9 de fevereiro e 24 de março foram realizadas 1.797 visitas domiciliárias na Vila de Rabo de Peixe. Durante este período, foi registada a atribuição de equipamentos de proteção individual a 106 famílias; 18 agregados familiares beneficiaram da aquisição de medicamentos e a atribuição de apoio do banco alimentar alcançou 63 famílias.

Numa atuação atenta à realidade da comunidade, a intervenção foi sendo ajustada, tendo sido assumidas, a certa altura, novas tipologias de apoio, entre as quais se destacam a atribuição material escolar e entrega das declarações de isolamento/confinamento aos agregados familiares.

Relativamente aos ganhos obtidos ao longo da intervenção destas equipas, verifica-se que a população se mostrou recetiva e cumpridora quanto às recomendações e orientações veiculadas, valorizando e reconhecendo a importância deste acompanhamento, que constituiu um suporte para a população afetada pela pandemia e, simultaneamente, funcionou como uma ação pedagógica e informativa acerca das medidas sanitárias. 

Para o Vice-Presidente do Governo dos Açores, Artur Lima, o trabalho desenvolvido por estas equipas surtiu os efeitos desejados, reconhecendo o governante que a intervenção no terreno e com grande proximidade junto das pessoas foi a melhor forma que o Executivo encontrou para apoiar a comunidade da Vila de Rabo de Peixe.

De acordo com o governante, estas equipas merecem um reconhecimento público, uma vez que foram inexcedíveis no cumprimento da sua missão, que foi plenamente cumprida, com sentido de responsabilidade e de serviço à causa pública. 

Em virtude do contexto pandémico e das suas consequências na Vila de Rabo de Peixe, o Governo dos Açores procedeu à criação de equipas multidisciplinares, que foram compostas por técnicos de Serviço Social, Psicologia e de Sociologia do Instituto de Segurança Social dos Açores, IPRA, da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande, Câmara Municipal da Ribeira Grande e por Enfermeiros da Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s