Segundo Paulo Silveira “os Açores precisam de investimentos públicos que respondem a quem deles necessitam e aspiram”

Orçamento para 2021 marca entrada em “era de rigor” nas obras públicas dos Açores


 
O deputado do PSD/Açores Paulo Silveira referiu-se ao Plano e Orçamento para 2021, como garantia “da entrada numa nova era de rigor, planeamento e gestão criteriosa dos dinheiros e das obras públicas” na Região.
 
O social democrata elogiou “a mudança de paradigma, que pretende uniformizar procedimentos de contratação pública, nas empreitadas de obras públicas e na aquisições de bens e serviços, concentrando as grandes obras públicas num único departamento governamental”.
 
Segundo Paulo Silveira, “os Açores precisam de investimentos públicos que respondem a quem deles necessitam e aspiram”, e deu como exemplo “o que acontece em relação à ilha de São Jorge, em termos de obras públicas e nas mais diversas áreas e setores”.
 
“É assim com a proteção e reforço da orla costeira da ilha, com a beneficiação e recuperação de trilhos, os investimentos no equipamento do Museu Francisco Lacerda, a dragagem do Porto da Calheta e estudo da sua baía, a beneficiação e pavimentação das estradas regionais e os investimentos no aeródromo de São Jorge”, elencou.
 
“Igualmente as verbas para a beneficiação de infraestruturas do Centro de Saúde de Velas, deixado ao abandono pelo governo do PS, uma grande preocupação pelas condições em que trabalham atualmente os seus profissionais e pelos cuidados de saúde prestados aos seus utentes. É preciso agilizar os procedimentos da intervenção”, afirmou Paulo Silveira.
 
Da mesma forma, “esperamos as melhores respostas às necessidades das ilhas sem hospital, com incentivos à fixação de médicos de família, a garantia de consultas de especialidade, o agendamento de cirurgias, a deslocação de doentes e respetivos acompanhantes”, acrescentou.
 
Na Agricultura, o social democrata destacou a melhoria dos caminhos agrícolas, o abastecimento de água à lavoura, o apoio aos setores produtivos e cooperativos”, assim como “os apoios na produção, promoção e comercialização do queijo de São Jorge, nossa grande marca de referência”.
 
O deputado louvou também “as verbas inscritas para a construção do novo Matadouro de São Jorge, que finalmente será uma realidade, e igualmente a construção de currais de vacinação de gado nas freguesias do Norte Grande, Norte Pequeno e Santo Antão”, disse.
 
Paulo Silveira referiu ainda a melhoria prevista nas infraestruturas do porto de pescas do Topo, e alertou para a necessidade de intervir de forma urgente no passo da Lagoa da Caldeira de Santo Cristo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s