Promover e projetar na Europa a diversidade e a riqueza cultural açoriana e reafirmar a cultura

Onésimo Teotónio Almeida preside à Comissão de Honra da candidatura Azores 2027

A Comissão de Honra da candidatura Ponta Delgada|Açores a Capital Europeia da Cultura 2027 (Azores 2027) será presidida por Onésimo Teotónio Almeida, “cidadão dos Açores que personifica a açorianidade sentida, vivida e afirmada para além dos limites territoriais das nove ilhas”, anuncia a Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada.


Maria José Lemos Duarte destaca o “mérito e a relevância pública” do escritor e Professor Catedrático da Universidade de Brown (EUA), natural do Pico da Pedra, em São Miguel.
“Onésimo Teotónio Almeida é um embaixador dos Açores e personifica os valores da Europa. É seguramente alguém que dará um contributo inestimável para a promoção, a valorização e a defesa nacional e internacional desta candidatura”, afirma.


A emigração açoriana será um dos eixos distintivos da candidatura Azores 2027. “Os Açores, e a sua posição de encontro no meio do Atlântico, a que Onésimo Teotónio Almeida se refere como ‘rio Atlântico’, encurtam distâncias e aproximam mundos, precisamente um dos valores fundamentais da Europa”, frisa Maria José Lemos Duarte.


A Comissão de Honra, presidida por Onésimo Teotónio Almeida, a convite da Presidente da Câmara de Ponta Delgada, promotora da Azores 2027, terá como principal missão o apoio e o contributo para o sucesso da candidatura.


Onésimo Teotónio Almeida, autor de uma obra extensa e diversificada, é membro da Academia Internacional de Cultura Portuguesa e da Academia da Marinha e Doutor Honoris Causa pela Universidade de Aveiro.
Presidiu, em 2018, a convite do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, às Comemorações do 10 de Junho, que se realizaram nos Açores e em Boston.


A Azores 2027 tem o apoio do Governo dos Açores, através da Secretaria Regional de Cultura, Ciência e Transição Digital e da Secretaria Regional dos Transportes, Turismo e Energia, e pretende envolver todas as ilhas dos Açores, os seus municípios, artistas, agentes culturais, organizações, empresas e respetivas populações.


Promover e projetar na Europa a diversidade e a riqueza cultural açoriana e reafirmar a cultura, a partir da periferia do espaço europeu, como instrumento decisivo para o desenvolvimento, a sustentabilidade ambiental, a cooperação e o diálogo entre os povos são os objetivos gerais desta candidatura ao maior evento cultural da Europa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s