Branco enverga nome do produtor

Lavradores de Feitoria lança ao seu primeiro vinho da colheita de 2020

O tempo, embora incerto, já pede um vinho fresco e descomplicado, ideal para degustar na esplanada, a solo ou com uma comida mais leve. Está na altura de reunirmos boas energias e olharmos para um futuro a condizer. Do Douro e em simbiose com quem lhe dá vida, chega-nos o ‘Lavradores de Feitoria branco 2020’, ano que ficará para a história. Um vinho que reúne em si um pouco da história vínica de cada lavrador/produtor de uvas que fez nascer a Lavradores de Feitoria na viragem do século.

Sob a marca ‘Lavradores de Feitoria’ há três referências – branco, rosé e tinto –, que em comum têm a expressão do Douro de uma forma directa e objectiva. Feitos do blend de castas autóctones, com origem nas várias quintas da Lavradores de Feitoria – vinte, no total, e situadas ao longo das três sub-regiões Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior – e plantadas nas vinhas mais jovens, não têm estágio em madeira, privilegiando-se um perfil jovem, fresco e frutado.

O ‘Lavradores de Feitoria branco 2020’ é o primeiro vinho que a LF lança deste ano, mas se olharmos para a referência em si, é a 14.ª edição, feita do blend de três das mais tradicionais castas brancas do Douro: Malvasia Fina (60%), Gouveio (30%) e Síria ou Códega (10%). Um branco palha limão, com um aroma fresco, fino e aromático, bastante mineral e muito frutado. Apresenta notas de fruta fresca, sobressaindo o ananás, o alperce e algumas notas ligeiras de frutos tropicais. Na boca, a entrada é muito fresca e elegante. Harmonioso, apresenta uma acidez equilibrada, com uma fruta viva lembrando ananás e alguma pêra. Excelente contraste entre frutos citrinos e tropicais. Muito saboroso, apresenta um final longo.

Um vinho com excelente aptidão para acompanhar comida asiática – tendo inclusivamente já ganho uma medalha de Ouro no ‘Sakura Japan Women’s Wine Awards’ –, assim como saladas, sopas frias, peixes magros, mariscos, carnes brancas, massas com molho branco e também para beber, a solo, numa esplanada, à beira mar ou da piscina.

Encontra-se à venda nos mais variados hiper e supermercados, mas também em algumas garrafeiras ou restaurantes em regime de take away e home delivery. Para além da tradicional garrafa de 750ml (€4,49), existe no formato de bag-in-box (BiB) de dois litros (€7,49), ideal para um piquenique em família ou amigos. De recordar que a Lavradores de Feitoria foi pioneira neste formato, lançado em 2004, na sequência de um desafio feito pelo mercado norueguês. Foi assim uma empresa pioneira, ao ser o primeiro produtor do Douro a engarrafar bag-in-box com direito ao selo de garantia de Denominação de Origem Controlada e, por conseguinte, menção DOC Douro neste formato. 

INFORMAÇÃO TÉCNICA

Lavradores de Feitoria branco 2020 • DOC Douro

PVP: €4,49 (garrafa 750ml) ou €7,49 (BiB 2l) • Álc.: 12,5% • Acidez Total: 5,30 g//l • pH: 3,33

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s