Marcaram presença os líderes regionais dos partidos, Sandra Garcia assumiu “uma visão diferente” da governação local assente em três pilares, duas missões e várias ações concretas”.

Sandra Garcia quer dar “uma nova energia” a Angra do Heroísmo


 
A candidata da coligação PSD/CDS-PP/PPM à Câmara Municipal de Angra do Heroísmo nas eleições Autárquicas do próximo dia 26 de setembro, Sandra Garcia, promete dar “uma nova energia” a Angra do Heroísmo, apostada numa visão de futuro que supera uma análise crítica do passado, mas reconhecendo que, 24 anos de poder socialista, são tempo que baste.
 
Na sessão de apresentação da candidatura de coligação ao Município, onde foram apresentadas as listas de concorrentes à Câmara e Assembleia Municipais, e onde marcaram presença os líderes regionais dos partidos, Sandra Garcia assumiu “uma visão diferente” da governação local, assente em três pilares, duas missões e várias ações concretas”.
 
Os novos pilares desta visão, afirmou, “adotam uma visão moderna e atual do poder local, em que a Câmara Municipal se assumirá como o interlocutor privilegiado com todos os outros níveis de poder, sem se esconder atrás das balizas das competências, pois tudo o que tem que ver com Angra do Heroísmo tem que ser e deve ser da competência da Câmara Municipal”.
 
Como segundo pilar, prosseguiu, “queremos atuar de forma concertada com a Praia da Vitória, porque existem assuntos que são transversais, nomeadamente ao nível dos transportes, das infraestruturas e do turismo. Temos que falar a uma só voz e vamos falar a uma só voz”.
 
O terceiro pilar desta “nova energia” para Angra do Heroísmo, explicou Sandra Garcia, prende-se com o reforço “do poder e da visibilidade das nossas Juntas de Freguesia, pois são elas que lidam mais de perto com as populações. Por isso, aquilo que os candidatos às juntas defendem é exatamente aquilo que eu defendo, com uma premissa essencial que é: tudo o que poder ser da vossa competência há-de vos ser transferido, mas também hão-de ser transferidos os respetivos recursos financeiros”.
 
Assente nestes três pilares essenciais, a candidatura da coligação PSD/CDS-PP/PPM assume o desiderato de executar duas missões: “o combate à pobreza e à exclusão social” e “contribuir para mais e melhor economia e emprego”, considerando que “não queremos continuar a perder os nossos filhos e netos por falta de oportunidades”.
 
Com esta base definida, seguem-se então as diversas ações de actuação, tendo Sandra Garcia assumido compromissos que vão desde “o reforço de creches e ATL’s no Concelho”, à criação das “Escolinhas da Cultura”, à “reabertura do trânsito na Praça Velha”, “ao pagamento dos direitos de autor e direitos conexos às Comissões de Festas”, “devolver a organização das Sanjoaninas à população” e, entre outros, “proceder à cobertura da Praça de Toiros Ilha Terceira”, investimento que, diz, ter assegurada a participação do Governo Regional e da Administração da Praça.
 
Com casa cheia no Teatro Angrense (dentro do escrupuloso cumprimento das regras sanitárias e de saúde pública em vigor), a cabeça de lista da candidatura de coligação à Autarquia de Angra do Heroísmo, acompanhada de toda a sua lista e do Mandatário da sua candidatura – o empresário António Nanques – defendeu ainda “uma verdadeira política para o estacionamento e para o trânsito da nossa Cidade”, “a reabilitação deste nobre Teatro Angrense”, “a finalização, em parceria com o Instituto Histórico da Ilha Terceira, do Centro Interpretativo de Angra do Heroísmo”, “finalizar a reabilitação do passeio marítimo do Fanal à Silveira”, “a manutenção e abertura de caminhos agrícolas e manutenção das estações de abastecimento de água à lavoura” e “um efetivo plano de controlo e combate às pragas que nos assolam – ratos, pombos, baratas”.
 
No entanto, realçou, “queremos apoiar as pessoas”, pelo que a sua candidatura aposta também na “criação de uma equipa multidisciplinar de apoio aos jovens a terminar o 12.º ano, visando contribuir para uma melhor decisão na hora de escolher entre a oferta de emprego e a oferta académica”, na “reabertura da Oficina Domiciliária para apoio dos nossos cidadãos seniores” e na “instituição de uma parceria com a Universidade dos Açores e as Escolas Profissionais para a criação de cursos para os novos cidadãos seniores, que querem e precisam de muito mais do que lanches e passeios de barco”.
 
Sandra Garcia traçou o cenário futuro sem deixar de ser crítica quanto a muitas das opções do passado, “um passado de quase um quarto de século de gestão autárquica socialista”.
 
“Não conheço uma única tomada de posição pública da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, da responsabilidade do PS, em defesa da Ilha e de Angra do Heroísmo, que fosse da sua iniciativa: nem contra uma política de transportes de pessoas e carga que não serve a ilha, nem contra as campanhas publicitárias turísticas que omitem a mais-valia de Angra Património da Humanidade. Connosco nada que tenha que ver, direta ou indiretamente, com Angra do Heroísmo será alheio à nossa atuação. Acreditamos que o melhor para o Concelho e para a Ilha é o melhor para os Açores”, afirmou.
 
“Vamos voltar a por em cima da mesa a valorização do Património e não deixaremos que a Cidade vá continuando a perder carisma e identidade e sofrendo beneficiações duvidosas como um palco elevatório que nunca funcionou, mas que todos os dias perturba o quotidiano dos comerciantes e dos cidadãos; ou o desastre que é o saneamento básico no centro da Cidade, ou os problemas criados ao nível do trânsito e do estacionamento, ou à falta de aposta na vivência da Cidade”, acrescentou.
 
“Sem falar dos 8 anos em que se discutiu o Mercado Municipal (…) às voltas de um projeto que ainda não viu a luz do dia. E falando em oportunidades perdidas o que dizer de Angra do Heroísmo não se ter candidatado a Capital Europeia da Cultura? Tínhamos tudo para protagonizar essa candidatura pela ilha e pelos Açores: uma Cidade Património Mundial e um Concelho e uma Ilha que respiram e vivem a Cultura! Há omissões que são piores do que pecados.
 
É tempo, por isso, de mudar. A Câmara de Angra não precisa de micro-gestão: tem um corpo de funcionários profissionais que sabe o que faz se os deixarem fazer, o que precisamos é de visão e arrojo! Ter saldos positivos é muito bom, sabê-los aplicar em investimento reprodutivo é muito melhor”, concluiu Sandra Garcia.
 
Pelo mesmo diapasão alinhou Carlos Costa Neves, que lidera a candidatura da coligação à Assembleia Municipal de Angra do Heroísmo, lembrando os 24 anos de poder absoluto regional e municipal “tentacular e gradualmente exaurido pelo que parecia ser o seu único desígnio: controlar, controlar e controlar tudo e todos”.
 
O histórico dirigente social-democrata e candidato ao órgão de fiscalização municipal, secundado, entre outros, por Nuno Melo Alves (do CDS-PP) e por Tomás Dentinho (do PPM), afirma que “o poder socialista de 24 anos levou a que o poder local, da mesma cor partidária, aceitasse reduzir-se à expressão mais simples, contribuindo para secundarizar Angra Concelho e Angra Cidade e para menorizar a Terceira”.
 
Presentes na apresentação da candidatura estiveram também os líderes regionais do PSD, José Manuel Bolieiro, e do CDS-PP, Artur Lima, tendo o Coordenador Regional do PPM, Paulo Estêvão, assistido à distância (através das novas plataformas de comunicação), fruto de constrangimentos nas ligações aéreas interilhas que o impossibilitaram de chegar à Terceira.
 
Bolieiro diz que esta coligação “é a afirmação plural de uma alternativa para Angra do Heroísmo”, assumindo “a importância de podermos conjugar, em vez de dividir, e de termos uma liderança partilhada” na gestão do Concelho, convencido de que esta é “uma grande oportunidade” de reconquistar a Autarquia angrense, pois não é uma candidatura que esteja “contra ninguém, que não se formou para destruir, antes se formou a favor do nosso desenvolvimento e da requalificação da democracia com a alternância democrática”.
 
Por isso, salientou, “este projeto político não surgiu pela necessidade de derrubar o que quer que seja, surgiu porque é preciso superar os constrangimentos do desenvolvimento de Angra e a importância da mudança fará vibrar estes valores que assentam na força da convicção, na oportunidade da mobilização e na cumplicidade de podermos trabalhar em conjunto com a ideia do valor das pessoas e das instituições ao serviços das populações e da sua terra”.
 
Artur Lima destacou também as causas que sustentam a coligação PSD/CDS-PP/PPM candidata aos órgãos autárquicos de Angra do Heroísmo: “servir os outros”, destacando as qualidades da cabeça de lista Sandra Garcia, que disse ser “uma mulher inteligente, capaz de levar Angra a bom porto, capaz de saber dar bom destino às naus que trouxeram grande desenvolvimento a Angra”, pois, finalizou, “com a Sandra Garcia à frente dos destinos de Angra, esta terra ficará à frente dos Açores e será uma cidade novamente respeitada no panorama regional e nacional”.  
 
A lista da coligação PSD/CDS-PP/PPM “Uma Nova Energia pela Nossa Terra” candidata à Câmara Municipal de Angra do Heroísmo nas eleições de 26 de setembro é liderada por Sandra Garcia, seguindo-se os nomes de Maurício Toledo, Brites Baldaya Cunha, Nelson Furtado, Vanessa Branco, Pedro Fins, Manuel Jorge, Guilhermina Silva, Paulo Silveira, Rui Soares, Teodora Toste, Luís Vieira, Maria Furtado, Luís Carlos Couto e Joaquim Ponte.
 
Já a lista candidata à Assembleia Municipal, encabeçada por Carlos Costa Neves, conta também com os nomes de Nuno Melo Alves, Anabela Borba, Luísa Lourenço, Tomás Dentinho, Michele Aguiar, Luís Barcelos, André Castro, César Medeiros, Sónia Pimentel, Magda Ávila, Márcio Rocha, Ana Margarida Silva, Luís Miguel Machado, Vítor Pereira, Hermínia Gaspar, Luísa Calado, João Oliveira, Elsa Costa, Basílio Sousa, André Pinto, Maria de Fátima Lopes, Agostinho Pires, Gilberto Moniz e Carla Bretão.
 
O Mandatário da Coligação é António Nanques, sendo Ana Silva a Mandatária da Juventude, Magda Cardoso a Mandatária Financeira e Márcio Rocha o Diretor de Campanha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s