Governo da coligação está a relançar o Ensino Profissional nos Açores

O deputado do PSD/Açores Flávio Soares afirmou que o governo da coligação está “a relançar o Ensino Profissional no arquipélago”, invertendo “o processo de declínio para que este foi atirado pelos anteriores executivos”, afirmou.


 
Numa declaração política feita no plenário da Assembleia Legislativa, o social democrata salientou o objetivo “de elevar o nível de formação e qualificação das próximas gerações de açorianos, que está a ser levado a cabo pelo executivo”, disse.


“Em pouco mais de um ano, este governo tomou medidas relevantes, definindo uma verdadeira estratégia de formação profissional, criando o Fórum Regional da Qualificação Profissional, e aproximando as escolas profissionais, as entidades formadoras e as empresas, com o programa ‘Form.Açores’ e com a implementação do Ensino Dual, que coloca os alunos do ensino profissional em contexto laboral”, elencou.
 
O parlamentar sublinhou que atualmente se verifica “uma evidente escassez de mão-de-obra qualificada em diferentes setores de atividade da economia regional,”, pelo que “não se podia adiar mais este relançamento dos cursos profissionais, cuja importância foi posta em causa nos últimos anos”, lembrou.
 
Segundo Flávio Soares, “os anteriores governos demitiram-se de apostar no ensino profissional. Ao mesmo tempo que prometiam mundos e fundos para este nível de ensino, os anteriores governantes cortavam o financiamento das escolas profissionais”.
 
“Enquanto faziam elogios ao ensino profissional recusavam sempre fazer os necessários diagnósticos acerca das áreas em que era necessário apostar”, acrescentou.
 
Com isso, “na última década assistiu-se a uma redução de quase 30% no número de cursos profissionais. Os cortes no financiamento levaram a que a grande maioria das escolas profissionais tenha passado a funcionar a 50% da sua capacidade”.
 
Para o deputado do PSD/Açores, “é de primordial importância inverter o processo de declínio para que o ensino profissional nos Açores foi atirado pelos anteriores governos”.
 
Para Flávio Soares “pode-se ir mais além, aproveitando as oportunidades do próximo Quadro Financeiro Plurianual da União Europeia”, com o qual “os Açores deverão convergir com os indicadores médios europeus, pois atualmente só um terço dos alunos açorianos frequentam os cursos profissionais”.
 
“Assim como é necessário abranger todas as ilhas e concelhos da Região com ofertas de formação profissional, definindo áreas vocacionais em função da sua realidade e promovendo a especialização das escolas profissionais”, sublinhou.
 
“Mas é por todas as medidas já tomadas que felicitamos o Secretário Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, pelo rasgo e ambição da sua equipa em prol do ensino profissional nos Açores”.
 
“E encorajamos o Governo Regional a prosseguir esta tarefa de relançar, pois os primeiros indicadores do trabalho do Executivo são promissores”, concluiu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s