O alerta foi deixado pelo deputado António Lima no âmbito da discussão de uma petição pela preservação da zona costeira de São Vicente Ferreira

Bloco insiste na necessidade de serem implementadas medidas para regular o aparecimento de novos hotéis

O Bloco de Esquerda insiste na necessidade de ser apresentado o novo Plano de Ordenamento Turístico da Região Autónoma dos Açores, que está parcialmente suspenso desde 2010, para regulamentar o crescimento desordenado de empreendimentos turísticos nos Açores, particularmente em São Miguel.

O alerta foi deixado pelo deputado António Lima no âmbito da discussão de uma petição pela preservação da zona costeira de São Vicente Ferreira e que pretende travar a construção de dois hotéis naquela zona da ilha de São Miguel cuja tipologia não se enquadra na paisagem.

Um dos hotéis já teve parecer negativo do Governo, mas o outro foi aprovado.

O Bloco de Esquerda considera que a legislação que suspendeu parcialmente o Plano de Ordenamento Turístico da Região tem medidas cautelares para São Miguel – onde a pressão para a construção é maior – que foram ignoradas.

António Lima assinalou que, “aparentemente, as medidas cautelares para São Miguel, “não são suficientes”, porque não impediram o Governo Regional de autorizar, em plena pandemia, numa altura de grande incerteza sobre o futuro do sector, praticamente 2 mil novas camas, quase todas em São Miguel.

“Eu bem sei que o secretário regional está demitido” – disse António Lima, referindo-se ao facto de o líder do PPM, que integra a coligação de governo, ter retirado publicamente a confiança política ao membro do governo com a pasta do Turismo – “mas isso não pode ser uma desculpa para a ausência total de avanços sobre o Ordenamento Turístico da Região”.

António Lima defendeu a reversão da autorização da construção do hotel que foi aprovado pelo Governo para aquela zona da costa norte da ilha de São Miguel e estranhou que os partidos que suportam o governo tenham manifestado estar de acordo com os peticionários, no entanto, o governo que apoiam tenha feito exatamente o contrário do que pretendem os peticionários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s