Um prémio que o Vice-presidente da autarquia Pedro Furtado disse ser de “todos os cidadãos e de todos os empresários de Ponta Delgada”

Prémio Portugal City Brand Ranking de melhor Desempenho de Marca dos Açores é dos cidadãos e dos empresários de Ponta Delgada

A Câmara Municipal recebeu o prémio Portugal City Brand Ranking de melhor Desempenho de Marca na Região dos Açores. Um prémio que o Vice-presidente da autarquia, Pedro Furtado, disse ser de “todos os cidadãos e de todos os empresários de Ponta Delgada”.
O Prémio 1ª Marca Municipal dos Açores foi entregue esta manhã por Filipe Roquette, Diretor-geral da Bloom Consulting Portugal, numa cerimónia que decorreu no salão nobre dos Paços do Concelho.
Pedro Furtado, em representação do Presidente Pedro Nascimento Cabral, disse que esta distinção orgulha Ponta Delgada, que ficou no 29º lugar entre os 308 Municípios portugueses nas variáveis Visitar, Viver e Negócios, sendo líder regional em termos de investimento.
“O facto de Ponta Delgada continuar a ser o melhor lugar dos Açores para visitar, viver e investir é uma honra para o nosso Município e faz-nos querer trabalhar ainda mais para continuarmos a ser merecedores do primeiro lugar do ranking” – afirmou o autarca.
Para o Vice-presidente, “este prémio representa o trabalho do concelho de Ponta Delgada, dos seus empresários, das suas empresas, das suas gentes e de quem nos visita. Este prémio é inteiramente para todos eles”.
“Estamos ainda a passar por tempos muito conturbados e isso tem reflexos no resultado final que esta empresa reputada apresenta sobre Ponta Delgada em anos de pandemia (2020/2021)” – adiantou Pedro Furtado, referindo-se ao facto de Ponta Delgada ter descido cinco lugares no ranking nacional relativamente a 2019.
Todavia, destacou o facto de Ponta Delgada, mesmo assim, se manter no 29º entre os 308 municípios portugueses nas variáveis Viver, Visitar e Negócios, além de ser o primeiro dos Açores, o que “exige, da parte da Câmara Municipal, muito trabalho. Exige, acima de tudo, que na fase pós pandémica tenhamos a noção de que estes prémios são importantes. Mas o mais importante é termos políticas dirigidas para o apoio social e recuperação das empresas. Neste sentido, temos dado prioridade a estas políticas públicas”.
Por outro lado, Pedro Furtado reforçou a ideia de que “somos uma região turística e temos que ter uma visão estratégica nesta que é uma área muito importante para o nosso desenvolvimento. Dependemos muito do turismo, uma das grandes variáveis do ranking, e o facto é que, com a pandemia, fomos muito penalizados, ou seja, o turismo teve uma grande quebra”.
No entanto, adiantou que a Câmara Municipal está a trabalhar neste sentido, nomeadamente através do seu Plano Estratégico de Turismo, da revisão do PDM, que também é importante para o nível de investimento que queremos em Ponta Delgada.
Pedro Furtado recordou que, em setembro de 2021, em pleno Dia Mundial do Turismo, a Câmara Municipal de Ponta Delgada, enquanto entidade subscritora da Cartilha de Sustentabilidade dos Açores, ganhou o distintivo “Açores Destination Management Organizations”.
Em dezembro de 2021, Ponta Delgada recebeu uma Menção Honrosa sobre o excelente desempenho de atividades de educação ambiental desenvolvidas no âmbito do programa Bandeira Azul.
Em 2018, o Município recebeu o prémio de melhor destino para usufruir da natureza em Portugal pela Consumer’s Choice, ficando no topo dos 308 municípios portugueses no indicador “Natureza” daquele ano.
Desde a primeira hora em que a Bloom Consulting iniciou a divulgação do Portugal City Ranking que Ponta Delgada tem sido o melhor Município dos Açores para Viver e Visitar. Em 2018 e 2019 entrou no top das cidades/municípios mais atrativos do país.

Ponta Delgada em destaque a nível nacional e internacional

No início da cerimónia, Filipe Roquette apresentou os dados que levaram Ponta Delgada a manter-se como primeira marca municipal dos Açores. Sublinhou o facto de Ponta Delgada se “destacar claramente a nível nacional e internacional, sobretudo na dimensão turística, como destino de excelência que é”.
Hoje, Ponta Delgada é o município no país, mais procurado por “Observação de cetáceos” e o 17º por “Visitar” e é “claramente a marca municipal mais reconhecida dos Açores, recolhendo 58% de todas as pesquisas feitas sobre os municípios açorianos” – disse.
Refira-se que o reconhecimento internacional de Ponta Delgada representou em 2019 28%, tendo sido, com a pandemia, reduzido para 17% estando esta perda a ser recuperada em 2021.
Ponta Delgada é o 24º município mais atrativo do país em termos turísticos, apresentando um excelente reflexo da sua Marca turística no território; é o 10º município com maior número de dormidas; tem a 11ª melhor taxa de ocupação hoteleira; é o 23º melhor rácio dormidas/habitantes.
Estando atualmente na 29ª posição geral e na primeira a nível Açores, Ponta Delgada perdeu 5 posições no ranking nacional num ano marcado pelas restrições Covid muito penalizadoras dos territórios turísticos e das regiões autónomas.
O ano de 2020 representou uma mudança comportamental muito expressiva na vertente da pesquisa pelos territórios. Com as restrições à movimentação, os municípios mais turísticos perderam muitas pesquisas relacionadas com a visita (restaurantes, hotéis, entre outros).
Além deste facto, os municípios das regiões autónomas foram duplamente penalizados, quando comparados com grande parte dos municípios nacionais, tendo, em algumas alturas, ficado mais isolados em relação ao turismo interno.
Ponta Delgada registou uma grande quebra nas pesquisas no ano 2020 (-31%), mas mostra uma recuperação extraordinária em 2021.
Aliás, os meses finais de 2021 refletem a maior procura de sempre pela Marca Ponta Delgada.
Criada em 2003, a Bloom é uma empresa de consultoria especializada em “intelligence” e estratégias de marca para Países, Regiões e Cidades. A empresa trabalha com mais de 90 destinos nos cinco continentes.
Refira-se que a cerimónia, que contou com a presença dos Vereadores Cristina Canto Tavares e Marco Resendes, foi abrilhantada com momento musical protagonizado pelas alunas do Conservatório Regional de Ponta Delgada, Júlia Átamas Silva (violino) e Inês Alves (flauta).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s