Pedro Nascimento Cabral congratulou-se com o facto de a criação desta medida conta com 27 estabelecimentos aderentes

PDL ConVida: medida da Câmara Municipal já começou para revitalizar económica, social e culturalmente Ponta Delgada

A Câmara Municipal de Ponta Delgada, em colaboração com a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal nos Açores, a Associação de Hotelaria de Portugal nos Açores e a União Audiovisual nos Açores, tem um curso até ao final de maio uma medida nova criada com o intuito de contribuir para a revitalização económica, social e cultural do concelho.
Trata-se de “PDL ConVida” e surge no âmbito do Fundo Municipal de Emergência Empresarial para apoiar dois dos setores mais afetados pela pandemia de Covid-19: a hotelaria/restauração/bares e a cultura.


O Presidente da Câmara Municipal, que falava esta manhã na conferência de apresentação da medida, afirmou que é o papel da edilidade contribuir para a dinamização da economia local para que esta continue a ser o motor de desenvolvimento dos Açores.


Pedro Nascimento Cabral congratulou-se com o facto de a criação desta medida, que conta com 27 estabelecimentos aderentes, ser um bom exemplo do diálogo e concertação com vista a melhor servir Ponta Delgada.


A medida funciona com recurso a uma bolsa de artistas em que os artistas, das diversas manifestações artísticas, podem inscrever-se a qualquer momento.


Os empresários, por seu turno, recebem um apoio financeiro no valor máximo de mil euros para, no período em que decorre a medida, contratarem artistas para animarem os seus estabelecimentos, sejam eles restaurantes, bares ou hotéis. As inscrições terminaram a 15 de abril.
Como referiu a Vereadora Cristina Canto Tavares, a medida funciona “para já” até ao final de maio deste ano, atendendo a que visa estimular a economia na chamada época baixa.

Medida aplaudida pela restauração, bares, hotelaria e artistas
“PDL ConVida” está a ser elogiada pelos parceiros da medida. A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal nos Açores (AHRESP), a Associação de Hotelaria de Portugal nos Açores e a União Audiovisual nos Açores são unânimes em congratular-se com o facto de a Câmara Municipal de Ponta Delgada, presidida por Pedro Nascimento Cabral, ter apostado na medida, dando um contributo essencial para os setores que representam e proporcionando animação de qualidade à população local e a quem visita o concelho.
Cláudia Chaves, da AHRESP nos Açores, elogiou a “sensibilidade” do Executivo, considerando que a medida devia ser replicada por toda a Região e, em Ponta Delgada, noutras épocas do ano.
Andreia Pavão Jacob, da Associação de Hotelaria de Portugal nos Açores, enalteceu o espírito de diálogo da Câmara Municipal de Ponta Delgada que vem contribuir para a dinamização de dois dos setores que mais sofreram com a pandemia e colmatar uma lacuna ao nível da animação.
Ricardo Cabral, da União Audiovisual, também considerou que a medida é um exemplo a seguir e que os estabelecimentos têm de saber aproveitar da melhor forma o apoio que a Câmara está a atribuir, apelando também ao bom senso dos artistas.
Recorde-se que a informação sobre a medida está disponível em https://www.cm-pontadelgada.pt/pages/1288.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s